• Michele Oliveira

As Melhores Práticas para a Gestão Financeira de Empresas


Pensando em melhorar a gestão financeira da sua empresa e não sabe por onde começar? Neste post, o CEO da Connectuse Aureo Bigliassi irá te ajudar, apontando as melhores práticas adotadas por empresas de sucesso.


Mesmo parecendo óbvio, qualquer empresa só tem sentido em existir se tiver Receitas e Despesas. Até organizações do terceiro setor, para poderem prestar seus serviços à comunidade, precisam de fontes de receitas para cobrir os custos relativos a suas atividades.

Considerando que o fluxo de dinheiro que entra (receitas) e sai (despesas) é necessário para a sobrevivência de qualquer tipo de empresa, a gestão persistente desse fluxo é a única forma de monitorar a saúde da empresa.

Dessa forma, não é possível entender o desprezo de certos empreendedores em controlar seu próprio dinheiro ou o dinheiro obtido junto a governos e terceiros, pelo qual torna-se responsável e precisa prestar contas.

O monitoramento do fluxo do dinheiro nas empresas pode (e deve) ser feito de forma sistematizada e constante. Isso é perfeitamente possível e viável, desde que sejam adotadas as melhores práticas de Gestão Financeira, que são amplamente utilizadas por diversas empresas de inegável sucesso.

Dessas melhores práticas, recomendo que pelo menos estas sejam adotadas pelos empreendedores:

Separe suas contas particulares das contas da empresa

Apesar de muitos empreendedores misturarem seu dinheiro particular com o dinheiro da empresa e, consequentemente, efetuar pagamentos de seus gastos pessoais através contas correntes e caixas da companhia, essa prática não é saudável e também pode trazer complicações com o Fisco, tanto para a empresa como para a pessoa física.

Registre e controle rigidamente todas as Contas a Receber

Registre todas as entradas de dinheiro previstas para sua empresa, independente de quais fontes serão obtidas (faturamento, comissões por vendas, aporte de sócios, contratação de empréstimos, descontos de duplicatas, rendimentos de aplicações, etc.).

Controle constantemente as contas registradas e faça as baixas correspondentes, quando forem liquidadas ou cancelada por qualquer motivo.

Registre histórico das ocorrências sobre cada conta (ajustes em previsões de vencimento, descontos concedidos, envio de cartas de cobrança, envios para protesto, etc.).

Registre e controle rigidamente todas as Contas a Pagar

Registre todas as saídas de dinheiro previstas para sua empresa, independente das destinações do dinheiro (pagamento de compras, pagamentos de impostos, pagamentos de, comissões por vendas, pró-labores, salários, pagamento de empréstimos, pagamento de juros, etc.).

Controle constantemente as contas registradas e faça as baixas correspondentes, quando forem liquidadas ou cancelada por qualquer motivo.

Registre histórico das ocorrências sobre cada conta (ajustes em previsões de pagamento, descontos obtidos, acordos com fornecedores, etc.).

Registre e controle rigidamente todas as movimentações de Contas Correntes e Caixas Internos

Registre todas as entradas e saídas de dinheiro da contas correntes e dos caixas internos da empresa, reconciliando constantemente os lançamentos registrados internamente com os constantes no extrato de cada conta corrente.

Monitore constantemente o Fluxo de Caixa

Tendo o controle do dinheiro que sua empresa tem disponível em suas contas bancárias e caixas internos e tendo todo o dinheiro previsto para ser recebido (contas a receber) ou para ser pago (contas a pagar) num horizonte pré-determinado, monitore constantemente os resultados projetados nos períodos de interesse (diário, semanal, mensal, etc.) e identifique as sobras ou necessidades de dinheiro, antecipando ações para melhor aplicação das sobras ou para obtenção de reposições de dinheiro para cobertura das necessidades.

Analise constantemente os Resultados já obtidos e projete cenários para o futuro

Através das informações rigidamente registradas e controladas, analise constantantemente os resultados obtidos nos períodos de interesse (normalmente mensal) e entenda a importância de cada fonte de obtenção de receitas para sua empresa, como também a da destinação do dinheiro para pagamento de cada categoria de despesas, com as consequentes sobras ou faltas de dinheiro em cada período.

Com base nas análises dos resultados históricos, projete novos cenários para o futuro, dentro de horizontes de interesse (curto, médio ou longo prazo). Confronte periodicamente os resultados reais com os projetados e ajuste as projeções.

Adote uma ferramenta para realizar de Gestão Financeira

Embora seja possível implantar as práticas aqui recomendadas através do uso de planilhas, avalie a adoção de um sistema de gestão financeira que já contenha funcionalidades que consigam tratar essas práticas de forma mais fácil e segura.

A Connectuse oferece ferramentas que te ajudam na Gestão Financeira, seja com as rotinas do dia-a-dia ou com visões gerenciais que permitem que você entenda melhor as perspectivas de seu negócio.

Adotando estas práticas, suas finanças estarão organizadas para que você visualize o que precisa ser resolvido. Tome melhores decisões e perceba suas novas possibilidades. Sucesso!!!

#financeiro #gestão

0 visualização
  • Facebook - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco
Connectuse Sistemas Ltda.
Av. Antonio Carlos Comitre 510, Sala 46 Sorocaba - SP
Fones: Vendas: (15) 3326 3060
             Suporte: (15) 3217 2196